KARL MARX E A DOUTRINA SOCIAL DA IGREJA: RELAÇÕES E DIFERENÇAS FUNDAMENTAIS

Autores

  • Élio Gasda

DOI:

https://doi.org/10.20911/21769389v46n146p541/2019

Resumo

Catolicismo e Marxismo são tão antagônicos assim? Existe algum ele­mento em comum? Esse debate vem ocupando historiadores e acadêmicos desde a publicação de Rerum Novarum e do pensamento de Karl Marx, que irrompem como reação à Revolução industrial conduzida pela economia de mercado do capitalismo. O artigo descreve, primeiramente, seus pontos de contato: origem cronológica e motivação comum; a exploração do proletariado e a centralidade do trabalho humano. Em seguida, expõe as duas diferenças fundamentais: o marxismo como teoria crítica da economia política e a Doutrina social da Igreja como teologia moral. Quanto ao objetivo: em Marx é alcançar a sociedade comu­nista sem classes. O objetivo da DSI é auxiliar os cristãos a viver a esperança no Reino de Deus, antecipando sua realidade em sinais concretos na história. Em terceiro lugar, o texto aborda os recentes sinais de aproximação entre os dois. Marxismo e Doutrina Social da Igreja continuam atuais.

Downloads

Publicado

2019-12-20

Como Citar

Gasda, Élio. (2019). KARL MARX E A DOUTRINA SOCIAL DA IGREJA: RELAÇÕES E DIFERENÇAS FUNDAMENTAIS. Síntese: Revista De Filosofia, 46(146), 541. https://doi.org/10.20911/21769389v46n146p541/2019

Edição

Seção

Artigos