“FAREMOS NELE MORADA”: A INTIMIDADE ENTRE JESUS E SEUS SEGUIDORES E A UNIDADE DO EVANGELHO DE JOÃO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20911/21768757v53n2p463/2021

Resumo

O debate acadêmico acerca da unidade literária do quarto evangelho se desdobra em inúmeros desafios narrativos, textuais e exegéticos. Aparentes rupturas no fluxo da narrativa, dados de geografia e topografia e informações desencontradas levaram alguns estudiosos a propor esquemas de reorganização do texto de João. No entanto, estudos literários mais recentes indicam estruturas de organização interna e sistemas temáticos unificadores ao longo desse evangelho. Este artigo apresenta uma breve revisão da questão para em seguida tratar do tema unificador da relação íntima e de pertença entre Jesus e seus seguidores, possibilitada pela descida do Espírito. Essa relação se aprofunda nos discursos de despedida em João 13-17, mas que também se enraíza por todo o livro. O tema da relação de proximidade evidencia uma sólida unidade entre o prólogo do evangelho e suas duas seções maiores: Jesus e o mundo (1-12) e Jesus e seus discípulos (13-17).

PALAVRAS-CHAVE: Evangelho de João. Estudos críticos. Unidade literária. Narrativa. Teologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-08-30

Como Citar

DORNELES, Vanderlei. “FAREMOS NELE MORADA”: A INTIMIDADE ENTRE JESUS E SEUS SEGUIDORES E A UNIDADE DO EVANGELHO DE JOÃO. Perspectiva Teológica, [S. l.], v. 53, n. 2, p. 463, 2021. DOI: 10.20911/21768757v53n2p463/2021. Disponível em: https://faje.edu.br/periodicos/index.php/perspectiva/article/view/4454. Acesso em: 12 jul. 2024.