SOBRE O MATAR E O MORRER: REFLEXÃO SOBRE A LEI A PARTIR DE CLARICE LISPECTOR E PAUL BEAUCHAMP

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20911/21768757v54n1p155/2022

Resumo

Este artigo, inserido no panorama da pesquisa brasileira em teopoética, tem como objetivo uma reflexão sobre o modo como o ser humano se relaciona com a lei como dom de Deus e sobre o amor como o elemento antropológico que favorece o respeito à lei e a realização da justiça. Tal reflexão se fará a partir da obra literária de Clarice Lispector e da reflexão bíblico-teológica de Paul Beauchamp. O objeto primeiro da lei, segundo a escritora, é o impulso destrutivo humano que nos leva à possibilidade de matar. A interdição ao assassinato, portanto, será o fio condutor da reflexão em que as ideias da escritora serão colocadas em diálogo com as análises do teólogo exegeta, de modo a explicitar a relevância teológica da obra clariciana, assim como a pertinência do tema da violência na atualidade.

PALAVRAS-CHAVE: Lei. Amor. Matar. Morrer. Justiça.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-05-01

Como Citar

ALMEIDA, Marília Murta de. SOBRE O MATAR E O MORRER: REFLEXÃO SOBRE A LEI A PARTIR DE CLARICE LISPECTOR E PAUL BEAUCHAMP. Perspectiva Teológica, [S. l.], v. 54, n. 1, p. 155, 2022. DOI: 10.20911/21768757v54n1p155/2022. Disponível em: https://faje.edu.br/periodicos/index.php/perspectiva/article/view/4915. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos