PENSAR OUTRAMENTE O SILÊNCIO: POR UMA DESCOLONIZAÇÃO DA LINGUAGEM TEOLÓGICA NA CONTEMPORANEIDADE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20911/21768757v55n1p145/2023

Resumo

A presente investigação tem como escopo repensar a questão do silêncio, tema tão caro à filosofia e à literatura contemporâneas e porque não dizer tão urgente para a teologia, sem cair, contudo, nas malhas dos discursos de tipo kata-bólicos ou de se entregar aos discursos de corte sim-bólicos provenientes da ontologia moderma. Trata-se, portanto, de propugnar uma terceira via para a teologia que passe pelo crivo da exaltação dos discursos para-bólicos que sejam capazes de justificar a premência de se ter de abrir um novo (antigo) espaço de linguagem para redizer o silêncio desde a ótica ético-profético advinda da primazia concedida ao outro como Bem para além do Ser, traço do infinito. A temática de fundo é por si só muito complexa uma vez que se está a lidar com o paradoxo da glória e da perdição advindo do silêncio pelo fato de ele evocar ao mesmo tempo a reverência e o indizível do mistério e, por outro lado, remeter à inumanidade ou ao fundo mortífero que atravessa a condição humana/social marcada pela naturalização da solidão. Diante desses desafios, essa abordagem se deixa inspirar pela tentativa de estabelecer uma fecunda intriga entre a filosofia da alteridade do filósofo franco-lituano Emmanuel Levinas e a teologia, tendo-se em mente reforçar a ideia/experiência radical do cristianismo de que a encarnação muda tudo.

PALAVRAS-CHAVE: Silêncio. Linguagem. Outro. Ética. Teologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-04-30

Como Citar

JUNIOR, Nilo Ribeiro. PENSAR OUTRAMENTE O SILÊNCIO: POR UMA DESCOLONIZAÇÃO DA LINGUAGEM TEOLÓGICA NA CONTEMPORANEIDADE. Perspectiva Teológica, [S. l.], v. 55, n. 1, p. 145, 2023. DOI: 10.20911/21768757v55n1p145/2023. Disponível em: https://faje.edu.br/periodicos/index.php/perspectiva/article/view/5153. Acesso em: 18 jul. 2024.