BÍBLIA E SUSTENTABILIDADE: A CONSCIÊNCIA ECOLÓGICA COMO PARADIGMA DE UMA NOVA HERMENÊUTICA BÍBLICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20911/21768757v55n2p383/2023

Resumo

As crises sociais, políticas e econômicas, extremos de secas e enchentes, e o aumento do nível do mar, são partes da crise ambiental contemporânea. Sendo assim, o artigo apresenta, inicialmente, algumas causas dessa crise, intimamente implicadas em um tipo de relação estabelecida entre o ser humano e a natureza, relação que se deu partir da reviravolta antropocêntrica na modernidade. O objetivo do artigo é mostrar que uma hermenêutica bíblica baseada na perspectiva antropocêntrica não é capaz de interpretar corretamente os textos bíblicos. O artigo defende, em primeiro lugar, que os relatos da criação não fundamentam nenhum domínio, no sentido de exploração desmedida, da natureza pelo ser humano. Em seguida, elucida que o sistema sabático na Bíblia, muitos séculos antes dos ambientalistas, já propunha uma forma de sustentabilidade, assegurando os recursos naturais para as futuras gerações e o cuidado com a criação inteira. Por fim, os resultados alcançados com a pesquisa apontam para a necessidade de um novo paradigma hermenêutico apto a interpretar a Bíblia não mais a partir de uma perspectiva antropocêntrica, mas de uma ótica enraizada numa consciência ecológica. Portanto, não se trata de uma mudança superficial na hermenêutica, mas de uma mudança de paradigma.

PALAVRAS-CHAVES: Cultura do consumo. Crise ambiental. Bíblia. Relatos da Criação. Sábado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-09-17

Como Citar

DE ANDRADE, Aila Luzia Pinheiro. BÍBLIA E SUSTENTABILIDADE: A CONSCIÊNCIA ECOLÓGICA COMO PARADIGMA DE UMA NOVA HERMENÊUTICA BÍBLICA. Perspectiva Teológica, [S. l.], v. 55, n. 2, p. 383, 2023. DOI: 10.20911/21768757v55n2p383/2023. Disponível em: https://faje.edu.br/periodicos/index.php/perspectiva/article/view/5311. Acesso em: 20 jun. 2024.